Deputada diz que sua experiência na iniciativa privada será revertida em políticas públicas para geração de empregos

 

Foto: SupCom ALE-RR

 

A partir deste ano, o parlamento estadual roraimense contará com 10 novos deputados. Entre as renovações na bancada está a deputada Tayla Peres, de 27 anos. Para esta legislatura, a deputada afirma que trabalhará em prol da geração de emprego e ações sociais que beneficiem pessoas de baixa renda.

A parlamentar, que vem da iniciativa privada, afirma que os conhecimentos adquiridos na área empresarial podem se reverter em desenvolvimento para o Estado. “Vejo que a iniciativa privada pode ajudar o estado a gerar mais emprego. Uma das maiores demandas do Estado é o alto índice de desemprego”.

A deputada mais jovem da bancada feminina afirma ainda que cobrará mais incentivos às pessoas de baixa renda e também diz que pretende ser uma representante do povo na fiscalização dos recursos públicos. “Quero ser o olhar de todos os cidadãos para fiscalizar os investimentos do Governo, além de cobrar uma ação maior na área social, porque tem muita gente que precisa”.

Apesar de ter aumentado o número de mulheres eleitas para a Assembleia Legislativa de Roraima, Tayla avalia que a política precisa ainda de mais participação feminina. “Ainda são poucas as mulheres eleitas. Deveria ser 50%, mas cada dia a gente mostra que estamos conseguindo conquistar o nosso espaço. As mulheres que entraram, incentivam outras mulheres. Mas eu não defenderei só uma classe, serei representante de todos”.

Nascida em Boa Vista, Tayla Peres é formada em Direito. Foi vereadora suplente de Aline Rezende (PRTB) e assumiu o cargo em setembro do ano passado quando a titular pediu licença do cargo. Se afastou da Câmara Municipal de Boa Vista para concorrer pela primeira vez a deputada estadual, sendo eleita com 2.608 votos.

 

SupCom ALE-RR