+55(95)4009-5500
Praça do Centro Cívico, 202, Centro .

George Melo faz críticas à administração do governo estadual

George Melo faz críticas à administração do governo estadual

25 de abril de 2017

George Melo afirmou que Estado precisa agir com ações verdadeiramente sociais e benéficas voltadas àqueles que mais necessitam

O líder do Blocão na Assembleia Legislativa de Roraima, deputado George Melo (PSDC), subiu à tribuna na manhã desta terça-feira, 25, para manifestar ‘indignação’ quanto à condução dos trabalhos do Poder Executivo. O parlamentar  questionou principalmente a ida da governadora Suely Campos (PP) ao exterior neste mês de abril. “Se ausenta para outros países, como se o Estado tivesse uma maravilha. Tudo indo bem. E, quando pensamos que vai chegar um governador atento às responsabilidades de Roraima e às necessidades do povo, umas das primeiras medidas dele [governador em exercício Paulo César Quartiero], é receber o Faradilson Mesquita, como se fosse um secretário de Estado. Aliás, alguns deputados gostariam de serem recebidos como está sendo recebido o invasor de terras Faradilson. Para as ações  prioritárias o Governo não tem tempo, mas para ações criminosas, o Estado os trata como autoridades”, criticou.

Ele citou a recente ocupação de uma área próxima ao Matadouro Frigorífico do Estado, que estaria sendo comandada, conforme noticiado na mídia local, por integrantes da Federação das Associações de Moradores de Roraima (Famer), após a desocupação da área particular no município do Cantá.

George Melo afirma ainda que a desapropriação desta área, não é a solução para o problema habitacional, e que o Estado precisa agir com ações verdadeiramente sociais e benéficas voltadas àqueles que mais necessitam. “Quem ganha um salário mínimo e que honra seus compromissos para ter dignidade na sua casa, trabalha o dia todo e até hoje não tem um lote de terras neste estado, por essa classe eu não vejo o Governo brigar. Nunca fez uma ação para este povo, e isso me entristece, porque estamos vendo, as pessoas, que mereciam ser bem tratadas, sem atenção necessária”, considerou, ao completar que existem áreas tão importantes quanto à do Mafir para serem utilizadas em projetos de moradias. “Os assentamentos precisam ser feitos de maneira séria, para  quem precisa de verdade”, opinou o parlamentar.

 

Por Tarsira Rodrigues

SupCom/ALE-RR

Category