Foto: SupCom ALERR

Saúde, beleza e segurança é a combinação perfeita que deve ser observada por aqueles que exercem atividades no segmento da estética, um setor que tem crescido significativamente nos últimos anos no Brasil e no mundo. Pensando em proporcionar mais conhecimento nessa área, a Escola do Legislativo do Núcleo da Assembleia Legislativa de São João da Baliza, a 352 km de Boa Vista, está oferecendo um Workshop com a temática.

As inscrições para as 60 vagas estão abertas e podem ser feitas no Núcleo que fica na avenida Perimetral Norte, esquina com João Cristovão, s/n. Para se inscrever, os interessados devem apresentar cópia do comprovante de residência e da identidade. Com carga horária de 20 horas, o curso será ministrado no período de 26 a 29 de junho de 2018, das 18h às 22h. “Esse Workshop será a nossa primeira experiência em São João da Baliza, voltada àqueles profissionais que trabalham na área da beleza. Pela proximidade, poderá atender também os moradores dos municípios que ficam no entorno, como São Luiz, Caroebe e Rorainópolis”, disse a diretora da Escola do Legislativo, Leila Perussolo. A fisioterapeuta Pâmela Rafisa Almeida é quem vai ministrar as aulas. “A professora é pós-graduada em saúde e beleza, com ampla experiência nesse ramo profissional. O curso vai abordar vários conteúdos importantes, como higienização dos instrumentos”, afirmou Leila.

Será trabalhada ainda a apresentação do profissional diante do cliente. “O curso proporcionará aos profissionais da área da beleza mais segurança quanto à sua saúde, bem como o cuidado e zelo para com os clientes que procuram os respectivos ambientes para cuidar da saúde e beleza”, complementou.

Leila ressaltou que a revisão dos procedimentos e o contato com os novos conteúdos que envolvem o segmento, uma vez que a indústria de cosméticos cresce e se renova, possibilitará aos alunos um currículo mais atraente. “A população deve estar sempre atenta aos cursos de capacitação e de aperfeiçoamento ofertados pela Escola do Legislativo, pois todos os cursos e o material didático são gratuitos, além do certificado para quem cumpre a carga horária exigida”, salientou.

A diretora deixou claro que a procura da comunidade é que determinará a reedição do curso. “É essa procura que vai fazendo com que, gradativamente, cada unidade da Escola do Legislativo vá reorganizando a oferta dos cursos que poderão ser implantados, implementados e reeditados”, observou.

Marilena Freitas

SupCom ALERR