Fotos: SupCom ALERR

Os atendimentos de saúde têm sido um dos serviços mais procurados durante a realização do Assembleia ao Seu Alcance, programa permanente da Assembleia Legislativa de Roraima. A próxima edição dessa ação acontecerá nesta quinta-feira, 17, no Complexo Cenográfico e Cultural ‘Estevão dos Santos’, a partir das 16h, em Mucajaí, região Centro-Sul de Roraima, localizado a 55 quilômetros de Boa Vista.

O aposentado Pedro Severino da Costa, 75, está na maior expectativa pelo ‘Assembleia ao Seu Alcance’, em Mucajaí, e não vê a hora de ir ao dentista, pois segundo ele, durante toda a vida, só foi ao especialista por duas vezes. “Não temos acesso a profissionais de saúde aqui. Estamos recebendo com alegria a notícia de que a Assembleia Legislativa está trazendo todos esses serviços para nós. Vou avisar a outros moradores que ainda não sabem”, contou com animado o aposentado.

Outra demanda importante na área de saúde foi relatada pela dona de casa Francisca Rosa dos Santos, moradora de Mucajaí. Ela disse que está com problemas na pele e que ainda não pode arcar com os custos de uma consulta com dermatologista. “Vou aproveitar para me consultar, é muito bacana essa iniciativa. Aqui não temos essas especialidades”, disse a moradora.

O servidor Francimar Mesquita reforça a necessidade na área médica, pois segundo ele na região existem muitas pessoas carentes e que não possuem recursos para se deslocarem até Boa Vista para atendimento médico. “Precisamos muito desses serviços aqui, são pessoas humildes e sofrem com a deficiência na saúde”, contou.

Uma das coordenadoras da ação social, Eumária Aguiar, explica que a população irá contar, além dos serviços médicos, com todos os programas da Assembleia. “Os moradores terão a disposição o Cine Ale Cidadania, o CHAME (Centro Humanitário de Apoio à Mulher), Abrindo Caminhos, Procon Assembleia, Escola do Legislativo e o Fiscaliza Roraima. As 17h, a população poderá acompanhar uma sessão plenária, com a participação dos deputados estaduais, momento em que terão a oportunidade de apresentar as demandas mais urgentes do município”, adiantou.

 

Tarsira Rodrigues

SupCom ALERR