Com a proximidade do Dia das Crianças, comemorado em 12 de outubro, o Procon Assembleia, órgão de defesa do consumidor do Poder Legislativo, iniciou uma pesquisa de campo para apresentar aos consumidores referências de preços, por meio dos custos médios obtidos, em pesquisa nos estabelecimentos comerciais de Boa Vista. Além dos preços, o consumidor deverá ficar atento quanto ao selo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) e faixa etária.

Segundo a diretora do Procon, Eumaria Aguiar, a pesquisa ajudará a população na hora de ir as compras. “A finalidade principal é fazer com que o consumidor tenha acesso ao melhor produto, com um preço justo de acordo com a tabela que vamos apresentar, e com isso evitar transtornos e prejuízos”, reforçou.

Na compra, os consumidores devem exigir a nota ou cupom fiscal e testar o produto. De acordo com o CDC (Código de Defesa do Consumidor), caso o produto apresente defeito ou avaria, o fornecedor tem 30 dias, a partir do dia da reclamação, para resolver o problema. Se não o fizer nesse prazo, o consumidor tem direito a restituição da quantia paga corrigida monetariamente ou a substituição do produto por outro da mesma espécie e em perfeitas condições de uso.

Ainda conforme explicações da diretora, os técnicos do Procon Assembleia irão visitar estabelecimentos em todo o comércio de Boa Vista, do Centro à Zona Oeste. O resultado da pesquisa deverá ser publicado até o final desta semana no site da Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR), que pode ser acessado por meio do endereço eletrônico:  https://www.al.rr.leg.br/.

Os consumidores podem tirar dúvidas e fazer denúncias pelos telefones 4009-4820/4822/4823/4824/4827, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30, ou ainda pelo endereço eletrônico proconassembleia@al.rr.leg.br, e solicitar o agendamento.

 

Tarsira Rodrigues